O que é Filosofia?

Conceito: considerando um sentido específico, o termo Filosofia nos remete à cultura grega antiga. Esse termo foi constituído por duas palavras philos e sophia, para designar a busca pelo saber, pois philos é um termo grego que significa “amigo de” e sophia, “sabedoria”. Está vinculada a um modo de pensar que denominamos racional, e a atividade, racionalizar. Essa busca pela sabedoria surge pela curiosidade. É um modo de pensar que permite um análise profunda, racional e crítica da própria vida, mas que difere do modo viver definido pelo senso comum. A filosofia é movida pelo um espírito indagador e investigativo. É do senso comum. É de religião. Busca da sabedoria por um espírito indagador, análise sistemática da vida em busca do conhecimento e da verdade.
Finalidade prática: O maior desafio de nossa época está em construirmos uma postura diante da vida que apresente senso crítico e permita o diálogo com nossos contemporâneos, pois estamos vivendo em um mundo novo que está redefinindo papéis sociais, novas áreas de saber e uma multiplicação infinita de informações que precisam ser selecionadas e ordenadas criticamente.
Contribuição: A Filosofia nos ajuda a organizar as ideias, ensina-nos a questionar, ou seja, a refletir de maneira mais organizada e cuidadosa sobre os desafios da vida cotidiana. Ela nos auxilia quanto aos inúmeros dilemas morais e éticos, permitindo-nos repensar nossa própria capacidade racional para construção ou redefinição de saberes. Poderá, ainda, aliviar nossas angústias pessoais e nos ensinar a viver um pouco melhor, mais conscientes de nossa época e papel social.
Quais as características da Filosofia?
-Saber RADICAL: pois deriva da palavra RAIZ, buscamos as origens.
-Saber RIGOROSO: Significa afirmar que o filósofo deve dispor de um MÉTODO (caminho a ser seguido) a fim de proceder com rigor em sua análise.
-Saber INTERDISCIPLINAR: se desenvolve sob uma perspectiva segundo a qual relaciona diferentes aspectos de um fenômeno a ser investigado. Ao proceder às análises, observa as diversas nuances de um problema, por isso interdisciplinar, relaciona diferentes enfoques que estão presentes no objeto a ser investigado. A Filosofia não é uma ciência, e sim um saber.
O que diferencia a filosofia das outras ciências?
O método filosófico que a diferencia das outras ciências. O que importa não é o “quê” se estuda e sim “como se estuda”.
Surgimento da Filosofia: Grécia, Pólis (cidades-estados). A Filosofia surgiu como uma forma de organização da vida, um conhecimento prático que se transformou em conhecimento racional, abstrato e universal, uma ferramenta importante para um novo papel – o cidadão que precisa pensar sua posição na cidade. Marca a passagem do pensamento MÍTICO para o RACIONAL. Os acontecimentos que influenciam o seu surgimento são:
– marco do tempo: calendários
– urbanização: pólis + política + vida urbana = surgimento da cidadania
– criação de uma moeda
– viagens marítimas: contato com outras culturas
Diferença entre MITO e FILOSOFIA: Enquanto o mito é uma narrativa simbólica cujo conteúdo não se questiona, que tenta explicar as origens, fenômenos naturais, tentando explicar as relações sociais, a filosofia problematiza e, portanto, convida à discussão e é permeado de pelas dúvidas e questionamentos. Os Naturalistas foram os primeiros filósofos (pré-socráticos). São matemáticos que tentam buscar esse racionalização por meio do entendimento da natureza. É Importante ressaltar que os mitos não deixaram de existir. De certa forma eles ainda possuem um valor simbólico, representando o senso comum e estando presente em nossa cultura.
Especificidades da reflexão filosófica:
1- Postura crítica
2- Alteridade (colocar-se no lugar do outro)
A Filosofia não é um saber distante do mundo da vida, mas uma postura crítica diante dos dilemas que precisamos enfrentar em nossa existência. A postura reflexiva pertence à Filosofia e influencia a base de todas as ciências porque nos separa do pensamento do senso comum, bem como das explicações científicas já superadas por novos paradigmas. O papel da Filosofia não se reduz a um ensinamento de teorias, mas envolve, antes de tudo, a capacidade de perguntar e avaliar a nossa vida de maneira crítica, as maneiras de ser e agir de nossa época, por exemplo. Refletir significa, antes de tudo, organizar o pensamento para o conhecimento. Significa o distanciamento em relação ao objeto a ser investigado para se verificar as próprias condições do ato de conhecer. E, nesse ponto, os pressupostos do próprio pensamento são questionados. Por isso, há uma presença visível e invisível da Filosofia em nossas vidas. A própria ideia de educação do ser humano é construção filosófica. Então, o que faz o filósofo é a qualidade de sua reflexão, não sua barba!
O que faz o filósofo é a qualidade de sua reflexão, não sua barba!
Lições de Platão: A filosofia de Platão nasce de perguntas e de respostas contextualizadas, do exame refutativo, (…) da busca da verdade e do desejo de livrar o homem dos sofismas e da falsa retórica” A República de Platão investiga as condições de possibilidade para o Estado ideal e o Filósofo como o melhor governante. Por isso, a sua concepção fundamenta-se no cuidadoso estudo sobre o conhecimento

Ética e Moral:

O que é ÉTICA?
Parte da filosofia que trata das questões e dos preceitos que se relacionam aos valores morais e à conduta humana. A ética é teoria, investigação ou explicação de um tipo de experiência humana ou forma de comportamento dos homens, o da moral, considerado, porém, na sua totalidade, diversidade e variedade. O valor da ética como teoria está naquilo que explica, e não no fato de prescrever ou recomendar com vistas à ação em situações concretas A ética é a teoria ou ciência do comportamento moral dos homens em sociedade. Ou seja, é ciência de uma forma específica de comportamento humano. O termo ethiké apareceu no pensamento de Aristóteles para designar um saber relativo à maneira de se comportar.
Sentidos da Ética:
1) O sentido básico ou descritivo de ética, que está ligado ao significado etimológico do termo grego ethos, que designa costumes, hábitos e práticas de uma cultura. Como exemplo temos o ethos europeu, o ethos brasileiro etc.
2) O sentido prescritivo ou normativo de ética, segundo o qual a ética estaria ligada a um conjunto de preceitos que estabelecem e justificam determinados valores e deveres. Nesse caso, temos como bons exemplos desde a ética cristã até os códigos de ética das profissões, por exemplo.
3) O sentido reflexivo ou filosófico, que envolve as teorias ou concepções éticas tais como a ética aristotélica, a ética kantiana, o utilitarismo etc.
O que é MORAL?
Moral é um sistema de regulamentação das relações entre pessoas de uma comunidade. O seu objeto de estudo é constituído por um tipo de ato humano: os atos conscientes e voluntários dos indivíduos que afetam outros indivíduos. A palavra moral decorre do latim mos, mores, que também significa “maneira de se comportar regulada pelo uso”, ou seja, costumes. A moral é histórica e vincula-se à determinada cultura com seus padrões. Está vinculado a dado tempo e lugar. Aquilo que determinado grupo social reconheceu como bom, útil e desejável e atribuiu um valor moral. A moral possui esse aspecto: liga-se a um grupo social, a um tempo, a certos valores etc. Algumas vezes, assume um sentido pejorativo porque apresenta ideias que mais representam ideologias. Os fatos podem ser morais, imorais ou amorais (neutros).
Ética Vs. Moral: A ética possui caráter científico, por isso trabalha com conceitos que reclamam validade universal. A moral associa-se a uma realidade histórico-concreta. Relativismo: É exatamente nesse ponto que a corrente do relativismo argumenta que não existem verdades absolutas ou universais. Algo poderá ser verdadeiro para uns e não para outros. E mais. Podem ser aceitos em determinado momento e não em outros. Por quê? Porque podemos mudar de ideia ou opinião sobre determinada questão moral.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s